Mostrando postagens com marcador chuva. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador chuva. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 10 de novembro de 2015

GALHO DE ÁRVORE CAI DURANTE CHUVA E PREJUDICA TRÂNSITO EM MACHADO




Um grande galho de árvore que caiu na manhã da última segunda-feira (9) por conta das chuvas em Machado, nas proximidades da Escola Estadual Iracema Rodrigues, continua atrapalhando o trânsito na rua Irmão Arnaldo Isidoro, além de colocar em risco toda a fiação elétrica na área. Contatos já foram feitos com a Cemig e com a Prefeitura, mas até o momento nenhuma providência foi tomada. Estamos acompanhando cada lance deste caso e você terá detalhes na próxima edição impressa da Gazeta Machadense, do grupo JPF.
arvore caida

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

ESTRADA ALAGADA CAUSA TRANSTORNO NO BAIRRO CAVACO





Moradores das proximidades do Sitio Boa Vista, no bairro Cavacos, solicitam providências da Prefeitura para resolução de um problema que piora a cada nova precipitação. Parte da estrada fica totalmente alagada, dificultando a passagem principalmente de motocicletas, um dos meios de transporte mais utilizados naquela área.
Segundo alguns agricultores, a Prefeitura teria feito algumas saídas d'água para eliminar o acúmulo, mas o dono de uma das propriedades da área as fechou, para não ter enxurradas passando por suas terras. Outro morador resolveu então abrir um "rasgão", que também foi fechado em seguida. A questão é que por conta disso algumas celeumas também estão surgindo.
Diante disso, pede-se que a Secretaria de Obras avalie e promova alguma forma de evitar os alagamentos, sem necessidade da "invasão" de propriedades ou prejuízos a quem quer que seja. Assim, facilita-se o tráfego e, ao mesmo tempo, garante-se a paz entre vizinhos.
Repassamos o pedido à Ouvidoria Municipal, que prometeu solicitar ações imediatas.



sábado, 12 de setembro de 2015

PERIGO VINDO DO ESGOTO





Moradores de algumas vias de Poço Fundo estão preocupados. A chegada das chuvas, que trouxe alívio pra muita gente, fez também com que problemas nada agradáveis, e que já poderiam ter sido solucionados, voltassem a ocorrer. Dentre eles, estão principalmente os relacionados à rede de esgoto da cidade, sempre origem de grandes dissabores.
A questão é que os defeitos existentes não causam apenas vazamentos e mau cheiro, mas também geram perigo. Na rua Arcanjo Mendes, por exemplo, há um grande risco de afundamento da via, por conta de uma manilha quebrada, e na avenida João Gonçalves de Lima, sempre alvo de grandes reclamações, até uma cobra surgiu no calçamento, vinda exatamente dos subterrâneos.
O jeito é rezar para que os projetos de saneamento sejam logo levados adiante, para que isso tudo enfim cesse e a população possa apenas usufruir dos benefícios das águas...

Atualização importante: Renan Gonçalves, grande conhecedor de serpentes, entrou em contato conosco e informou que, analisando a foto postada nesta matéria, constatou que o reptil que apareceu na avenida J.G.L. não é venenoso. Trata-se da famosa "cobra d'água", inofensiva e que é muito comum em nossa região. Antes, havíamos informado, com base no que moradores nos haviam passado, que se tratava de uma serpente venenosa, e por isso, com este dado importante, fazemos a devida correção, mesmo sabendo que, para o cidadão comum, cobra é cobra.



sexta-feira, 11 de setembro de 2015

PEDRA BRITA PARA CONTER "ENCRAVAMENTOS"





Uma ação de emergência tenta diminuir os dissabores enfrentados por condutores de veículos que precisam passar pelo Morro da Água Limpa, já nas proximidades da chegada no bairro Mãe Rainha. Uma máquina Patrol espalhou, no final da manhã desta sexta-feira (11), dois carregamentos de pedras brita, para tentar facilitar a subida de carros e caminhões.
As pedras foram adquiridas por um empresário cujos veículos utilizam constantemente aquele caminho para o transporte de seus produtos, e a Prefeitura cedeu os caminhões e a máquina para executar o serviço. Os pontos mais sensíveis, onde ocorrem o maior número de encravamentos, foram os que receberam o material. Outros locais ainda apresentam o piso escorregadio, mas até o momento não impedem o tráfego, mesmo com uma certa dificuldade.







SUFOCO NO MORRO DA ÁGUA LIMPA





Motoristas passaram novo sufoco na manhã desta sexta-feira (11) ao tentar subir o Morro da Água Limpa, zona rural de Poço Fundo. A estrada está impraticável para veículos pesados ou de grande porte, e até carros e motos têm dificuldade para trafegar pela área. Dois ônibus escolares ficaram literalmente encravados, e foi preciso o apoio de uma máquina da Prefeitura para liberar o trânsito, que ficou parado nos dois sentidos.
Depois da liberação, um serviço de "raspagem" foi feito e ainda hoje caminhões com brita deverão ser descarregados no local pela Prefeitura, graças ao apoio de um empresário que faz uso constante daquele caminho.

Fotos: Toninho Rodrigues/Grupo JPF




terça-feira, 8 de setembro de 2015

ALAGAMENTOS VOLTAM A SER REGISTRADOS NO NOVA GIMIRIM





A forte chuva que caiu sobre Poço Fundo na noite desta terça-feira (8), trouxe de volta um fenômeno que atinge principalmente parte do bairro Nova Gimirim: os alagamentos de ruas e avenidas.
A enxurrada que desce pelo prolongamento da rua Manoel Abrahão Filho novamente levou barro para o córrego que corta o bairro Mãe Rainha e chega à rua Coronel Ferreira de Assis, provocando transbordamento e inundação da junção com a Roberto Assi e da avenida Prefeito José Soares Pinho
Já na avenida João Gonçalves de Lima, o grande volume de água e sujeira tomou conta do setor da saída da Ponte Azul, misturadas ao esgoto que sempre toma conta da área em dias de tormenta e novamente gerando reclamações entre os moradores.

Fotos: Toninho Rodrigues/JPF



FERIADÃO DE CHUVA





Depois de um longo período de estiagem e até com um calor atípico para o inverno, era de se esperar que a volta da chuva trouxesse não só alívio, mas também alguns sustos. Foi o que aconteceu neste feriado prolongado em Poço Fundo.
Enquanto a ampla maioria comemora a volta da umidade, tão escassa ultimamente, outros até agradecem pela chegada das águas, mas também convivem com alguns dissabores. No bairro Lambari, cafezais que ainda tinham grãos a serem colhidos foram atingidos por uma chuva de granizo no sábado (5). O prejuízo não foi calculado, mas só deve ser recuperado em 2016. No Pinhalzinho, um raio danificou a rede elétrica de uma propriedade rural no dia 7 (segunda-feira). Por sorte ninguém se feriu. Na área urbana, na terça-feira (8), funcionários da Prefeitura tiveram que auxiliar moradores de uma residência no bairro Nova Gimirim, por conta do retorno de esgoto, e no Centro, um ponto da rua Arcanjo Mendes está literalmente afundando. Não se sabe ainda se o problema é causado apenas pela enxurrada ou por alguma infiltração, e um cavalete foi colocado no setor para alertar motoristas.
Vale lembrar que ainda há previsão de mais chuva para o decorrer desta semana, mas em menor intensidade. De qualquer forma, com ou sem problemas, ela já era esperada há muito tempo.



Raio destruiu padrão de energia elétrica no bairro Pinhalzinho
Cafezal foi destruido por chuva de granizo no bairro Lambari



Rua está afundando no Centro

segunda-feira, 11 de maio de 2015

RAIOS ASSUSTAM E CAUSAM PREJUÍZOS EM POÇO FUNDO

A tempestade de raios que caiu sobre a região na noite deste domingo (10) não assustou apenas pelos clarões e pelo barulho. Equipamentos de telecomunicações, como a retransmissão de TV aberta e internet, foram danificados, e moradores de alguns pontos da cidade, especialmente da rua Arcanjo Mendes, tiveram prejuízos. Por sorte, ninguém ficou ferido, mas o risco de acidentes mais graves foi grande.
Numa das residências visitadas pelo JPF, o proprietário perdeu TVs, receptores, componentes de informática, toda a fiação da cozinha, a máquina de lavar e por muito pouco não viu a casa incendiada, já que até a mangueira do gás se soltou por conta de uma das faíscas. Outros moradores também tiveram perdas na mesma área.
Institutos meteorológicos anunciam que devem cair novas chuvas na região ainda hoje, mas não antecipam se haverá ocorrência de raios. Fato é que muita gente não dormiu de domingo para segunda, e provavelmente vai demorar para se recuperar do susto.

Em tempo: No inicio da tarde desta segunda-feira, o sinal da rede aberta de tV voltou a funcionar parcialmente. Alguns canais ainda permaneciam fora do ar.










segunda-feira, 23 de março de 2015

CHUVÃO, INUNDAÇÃO E FALTA DE AÇÃO

Uma forte e rápida tempestade caiu sobre Poço Fundo na tarde desta segunda-feira (23). A chuva veio acompanhada por pequenas pedras de granizo e vento forte, e voltou a causar alagamento na região da avenida José Soares Pinho. De novo, nossa reportagem acompanhou os dissabores vividos pelos moradores daquele setor e fez uma passagem pela origem do problema: o grande volume de água e barro que descem pelo prolongamento da rua Manoel Abrahão Filho e do bairro Mãe Rainha,
As águas baixaram tão rápido quanto subiram, deixando para trás a sujeira que depois irá se transformar em poeira, mas as ações para resolver ou pelo menos amenizar esse transtorno, pelo visto, não acontecerão com a mesma velocidade, mesmo sendo simples e barata.
Confira as imagens:

domingo, 15 de fevereiro de 2015

CHUVA E ACIDENTES MARCAM DOMINGO DE CARNAVAL

Chuva, vento forte, princípio de inundação e acidentes. Estes foram os destaques deste domingo (15) na área de Poço Fundo e de Machado.
No final da tarde, um temporal assustou quem estava não só nas dependências do Circuito do Carnaval como em outras áreas da cidade. Uma forte ventania provocou destelhamentos, arrancou totalmente o teto de um rancho e causou um princípio de alagamento na avenida José Soares Pinho. Mesmo assim, os foliões não desanimaram, se protegeram como puderam nas grandes tendas armadas no ambiente da festa e a cada diminuída da tormenta, tratavam de aproveitar o agito.
Na rodovia MG 179, o SAMU teve que trabalhar em dois acidentes . O primeiro deles, um capotamento, aconteceu nas proximidades de Machado. Uma mulher sofreu fratura no fêmur., e os outros ocupantes do carro apenas escoriações O segundo se deu cerca de meia hora depois. Um casal ficou levemente ferido depois que o carro em que eles estavam saiu da pista e foi parar no meio do mato, nas proximidades do Clube dos Veteranos.
Detalhes sobre todos estes acontecimentos em nossa próxima edição do JPF.




terça-feira, 23 de dezembro de 2014

CASA CORRE RISCO DE DESABAMENTO POR CONTA DA CHUVA EM MACHADO

A chuva intermitente que caiu sobre a região desde a madrugada desta terça-feira (23) está causando diversos prejuízos em Machado, e algumas familias estão passando por momentos de medo e indefinições, por conta de riscos de desabamentos. Uma delas é a da dona de casa Maria Berenice, na Rua Ernesto Pereira Neves, bairro Santo Antônio II. O desmoronamento de um barranco fez com que o muro recém-construído nos fundos da residência caísse, chegando a atingir outras casas logo abaixo.
O problema não pára por aí. Com a continuidade das precipitações, a terra continua cedendo, e a área de deslizamento está se direcionando à porta da cozinha da moradia. O medo dos moradores é de que toda a construção seja atingida.
De acordo com a proprietária, contatos já foram feitos com a Prefeitura, mas a resposta foi totalmente insatisfatória. Segundo elas, apenas foi dito que "nada poderia ser feito". A familia não tem como controlar a descida de terra e também encontrará dificuldades para refazer o muro e a proteção que isso requer.
As fotos foram enviadas por Bruna, uma das filhas da dona do imóvel.




quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

TEMPESTADE ASSUSTA MORADORES E CAUSA ACIDENTE NA MG 179

Uma forte chuva assustou moradores de Poço Fundo na tarde desta quinta-feira (18). A tempestade chegou de repente, por volta das 16h30, com ventania e até granizo.
A tormenta por pouco não atrapalhou a festa de encerramento dos trabalhos da Creche Municipal, no Poço Fundo Tênis Clube. Pais e convidados que estavam nas arquibancadas tiveram que esvaziá-la, pois todo o setor foi atingido, graças às frestas que permitem a ventilação da quadra.
Nas ruas, foram registradas inundações, mas nenhuma residência foi alagada. Já na rodovia MG 179, mais uma aquaplanagem entrou para a lista de acidentes, desta vez na conhecida região da Curva do Rebenta Rabicho. Uma VW Saveiro saiu da pista e foi parar em um barranco por conta de uma lâmina de água. Felizmente, o motorista não feriu e o caso sequer foi alvo de Boletim de Ocorrência.
Neste caso, vale o alerta: Durante qualquer tipo de chuva, forte ou fraca, é preciso ter muito cuidado em vários pontos da rodovia MG 179, exatamente por conta de enxurradas que passam por cima do piso do asfalto. Já foram registrados quatro acidentes por conta disso, sendo que em um deles duas pessoas ficaram gravemente feridas.





sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

OUTRA AQUAPLANAGEM NAS PROXIMIDADES DO CLUBE DOS VETERANOS

Motoristas e motociclistas que trafegam pela rodovia MG 179 precisam tomar muito cuidado em dias chuvosos nas proximidades do Clube dos Veteranos, especialmente os que seguem no sentindo Poço Fundo - Machado. Em um ponto pouco antes da entrada do clube, as aquaplanagem tem sido comuns há muito tempo, e até o momento nenhuma ação do DER foi desenvolvida para resolver o problema.
Nesta sexta-feira (12), um caminhonete S-10 atravessou a pista depois de passar pela enxurrada e foi parar no mesmo ponto onde um Corolla caiu recentemente. Ninguém se feriu, assim como no primeiro caso, mas esperamos que, como aconteceu em um outro ponto (a curva do Rebenta Rabicho), a solução não chegue apenas depois que morrer alguém.

Caminhonete foi parar no mesmo ponto onde recentemente caiu um Corolla, pelo mesmo motivo: aquaplanagem

Motoristas devem tomar muito cuidado ao passar por este ponto em dias chuvosos

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

VIAS ESCORREGADIAS

Algumas áreas da zona rural de Poço Fundo já começaram a sentir os efeitos negativos da chuva que (felizmente) tem caído sobre a região. Moradores da área da Bocaina, por exemplo, enviaram algumas fotos da estrada que corta a comunidade, para mostrar o sufoco que é transitar por ela.
Segundo os reclamantes, foram feitos pedidos para cascalhamento da via antes da chegada das tempestades, mas as reivindicações não foram atendidas.
Agora, com o tempo firme, todos esperam que alguma providência seja tomada, antes que voltem as precipitações.



domingo, 23 de novembro de 2014

CHUVA DAS ANTIGAS CAI SOBRE POÇO FUNDO

Após o longo período de estiagem e precipitações esporádicas com baixos índices, Poço Fundo enfim teve, neste domingo (23), uma chuva como as que sempre caíram sobre a cidade. Várias ruas ficaram alagadas, enxurradas fortíssimas chegaram a assustar. Aguns problemas recorrentes novamente foram registrados, como o da rede de esgoto que passa exatamente no quintal de uma residência da Rua Coronel José Dias. Alí, uma possível quebra de manilha causou infiltrações e provocaram o desmoronamento de parte do terreno, além de provocar o retorno de detritos pelos canos de saída de um tanque de lavar roupas.
Confira como foi a tempestade desta tarde no video abaixo:


sexta-feira, 24 de outubro de 2014

FIÉIS FAZEM PROCISSÃO DE MANHÃ E CHUVA VEM COM TUDO NA TARDE DE SEXTA-FEIRA

Pelo que parece, os céus ouviram as preces dos poço-fundenses, feitas durante uma pequena procissão na manhã desta sexta-feira (24). Uma forte chuva caiu sobre a cidade no final desta tarde, com volume muito maior que o previsto pela meteorologia, que era de 2mm.
O vento causou alguns estragos, como a queda de uma árvore na residência do Anísio (do café), onde antes funcionava o Lua Bar. Felizmente, ninguém se feriu e os prejuízos foram mínimos.
Nas ruas, as enxurradas foram bem mais fortes que as das últimas precipitações, e a famosa "enchente da junção" voltou a ocorrer, só que desta vez, ao invés de reclamações, houve comemorações.
Nossa reportagem resolveu sair para as ruas, a fim de acompanhar de perto o fenômeno tão desejado pelo povo, e ainda teve que encarar uma rápida chuva de granizo, por sorte com pedras bem pequenas e quase invisíveis, mas valeu a pena.
Ainda assim, os índices continuam baixos, e é preciso muito mais que tormentas como essa para fazer as coisas voltarem ao normal... Esperamos que isso não demore a acontecer...
Confira no vídeo abaixo como foi a tempestade.


quinta-feira, 23 de outubro de 2014

GRUPO FARÁ "PROCISSÃO POR CHUVA" NESTA SEXTA

A coisa realmente não anda muito boa no que se refere à falta de água em toda a região. Os reservatórios estão secando, a galera não está economizando (tem gente que lava o carro com mangueira todos os dias, outros é a rua, e assim por diante), e a chuva... bem, esta quando chega vem de maneira rápida e sem muito volume.
O jeito, pelo menos para um grupo de católicos poço-fundenses, é apelar para Deus, realmente o "que manda" nisso tudo. Uma procissão será realizada no inicio da manhã desta sexta-feira (24), saindo da Igreja Matríz de Poço Fundo e seguindo para o Cruzeiro, pedindo aos Céus que enviem as tão desejadas e esperadas torrentes que possam normalizar a situação.
Antes, uma missa será celebrada, às 5h00 da manhã, com presidência do Padre Cláudio. Em seguida, inicia-se a caminhada. Todos os que estiverem dispostos podem participar.

Fiéis vão caminhar até o Cruzeiro para pedir chuvas

sexta-feira, 25 de julho de 2014

APÓS CHUVA, MOTORISTAS TÊM DIFICULDADES NA SAÍDA DO PINHALZINHO

Quem precisa trafegar pela Saída do Pinhalzinho, onde estão sendo realizadas obras de preparação para asfaltamento, deve tomar muito cuidado. As fortes chuvas que caíram na região durante a noite de quinta-feira (24) e na madrugada desta sexta (25) deixaram o piso totalmente instável.
O barro que se formou por conta do aguaceiro está dificultando o trânsito em ambos os sentidos, e até mesmo na parte asfaltada do bairro São José a situação ficou complicada, com veículos deslizando por conta da sujeira trazida da estrada. Alunos que estudam no CEC também acabaram prejudicados, já que muitos não conseguiram chegar à escola.
O problema deve incomodar motoristas, motociclistas e moradores ainda por alguns dias, já que segundo os principais institutos de meteorologia do estado as chuvas devem persistir no fim de semana..


segunda-feira, 3 de março de 2014

CHUVA PROVOCA ADIAMENTO DE DESFILES

Os desfiles das Escolas de Samba de Poço Fundo foram adiados para esta segunda-feira (3), se o tempo permitir. Caso contrário, as duas agremiações gimirinenses sairão amanhã, mesmo que esteja ocorrendo um dilúvio. É o que afirma a organização do Carnaval 2014, depois do sufoco enfrentando na noite de domingo (2), quando uma inesperada chuva com vento fez com que o som parasse de funcionar totalmente.
O temporal chegou pouco antes do horário marcado para a entrada da primeira escola na passarela, assustando as pessoas que aguardavam na rua e mesmo as que permaneceram em ambientes fechados, como bares e lanchonetes. Os fortes ventos fizeram com que a água entrasse também nestes locais, literalmente empurrando os frequentadores para os setores mais ao fundo. A área do palco, onde acontecia o show da banda Abalou, foi atingida em cheio, e toda a aparelhagem foi danificada. Uma das tendas também teve problemas, pois ficou na rota exata da ventania.
Por isso, a galera teve que se contentar com o som dos carros e das sedes durante o resto da noite. Boa parte do povão ficou abrigada no barracão no centro do evento, porque fortes pancadas de chuva continuavam a cair. Depois quem pôde foi para o Poço Fundo Tênis Clube, curtir o baile de salão.
Hoje, os responsáveis pela sonorização estarão avaliando os estragos e procurando fazer com que tudo volte a funcionar normalmente, para o show de Thainá Cardoso e, se possível,  para o desfile.
Segundo os principais sites de meteorologia, a previsão para hoje é de precipitações que variam de 3 a 11 mm. Ontem, era de 10 mm.