Mostrando postagens com marcador perigo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador perigo. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

ABELHAS TOMAM CONTA DE ENTRADA DA CRECHE DE POÇO FUNDO





Um enxame de abelhas do tipo "Europa" começou a tomar conta da entrada principal da Creche Municipal na tarde de ontem (quinta-feira (1) e ainda estava preocupando a diretoria e funcionárias nesta sexta-feira (2). Em princípio, elas pareciam estar apenas de passagem, mas ficaram em uma pequena cobertura acima do portão, num indicativa de que não pretendiam ir embora dali.
As crianças foram mantidas a uma distância segura, e a área da invasão foi isolada. Felizmente, ninguém foi picado.
A ajuda de um apicultor também já foi solicitada, para recolhimento dos insetos, mas nem precisou fazer o serviço, pois o enxame resolveu "seguir viagem" antes do fim da tarde, para alívio de todos que precisam utilizar e trabalhar no espaço.

*atualizado às 17h15 do dia 02/10




terça-feira, 22 de setembro de 2015

ÁREA DO SESI DE MACHADO ENFRENTA NOVO INCÊNDIO CRIMINOSO





Um novo incêndio criminoso assustou e revoltou moradores das proximidades da esquina da rua Irmão Arnaldo Isidoro com a travessa Pedro de Carvalho, em Machado, na noite desta terça-feira (22) (atrás do Sesi). O fogo tomou conta de um terreno, mandando fumaça para diversas residências daquela área.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

UBS DE SÃO JOÃO DA MATA TEM SETOR INTERDITADO POR RISCO DE DESABAMENTO





O risco de um grave acidente (ou mesmo da ocorrência de uma tragédia) fez com que a área da recepção e de dois banheiros da Unidade de Saúde de São João da Mata fosse interditado. O local está literalmente afundando, e se algo não for feito todo aquele setor pode desabar a qualquer momento.
A interdição foi decretada no último dia 11 (sexta-feira), após vistoria do Corpo de Bombeiros de Pouso Alegre, em atendimento a uma solicitação da Poder Executivo do Município.
Nossa reportagem foi ao local para conferir de perto esta história, e ouviu o Secretário de Saúde do municipio, Jorge Borges, que falou sobre as razões da interdição e o que está sendo feito para tentar resolver o problema. Os detalhes em nossa próxima edição do JPF.




sábado, 12 de setembro de 2015

PERIGO VINDO DO ESGOTO





Moradores de algumas vias de Poço Fundo estão preocupados. A chegada das chuvas, que trouxe alívio pra muita gente, fez também com que problemas nada agradáveis, e que já poderiam ter sido solucionados, voltassem a ocorrer. Dentre eles, estão principalmente os relacionados à rede de esgoto da cidade, sempre origem de grandes dissabores.
A questão é que os defeitos existentes não causam apenas vazamentos e mau cheiro, mas também geram perigo. Na rua Arcanjo Mendes, por exemplo, há um grande risco de afundamento da via, por conta de uma manilha quebrada, e na avenida João Gonçalves de Lima, sempre alvo de grandes reclamações, até uma cobra surgiu no calçamento, vinda exatamente dos subterrâneos.
O jeito é rezar para que os projetos de saneamento sejam logo levados adiante, para que isso tudo enfim cesse e a população possa apenas usufruir dos benefícios das águas...

Atualização importante: Renan Gonçalves, grande conhecedor de serpentes, entrou em contato conosco e informou que, analisando a foto postada nesta matéria, constatou que o reptil que apareceu na avenida J.G.L. não é venenoso. Trata-se da famosa "cobra d'água", inofensiva e que é muito comum em nossa região. Antes, havíamos informado, com base no que moradores nos haviam passado, que se tratava de uma serpente venenosa, e por isso, com este dado importante, fazemos a devida correção, mesmo sabendo que, para o cidadão comum, cobra é cobra.



terça-feira, 11 de agosto de 2015

BURACOS ENFEITADOS





O Governo de Minas Gerais anunciou a liberação de recursos para continuidade de obras em rodovias estaduais, que estavam paradas. Dentre as vias que passarão por reformas, estão a rodovia MG 167 (entre Três Pontas e Varginha) e a MG 290 (que liga Pouso Alegre ao estado de São Paulo, passando por Ouro Fino e Borda da Mata).
Já a rodovia MG 179.... esta pelo visto nem está na lista de prioridades. Entramos em contato com o DER, solicitando informações sobre possíveis melhorias na estrada, mas até o momento sem resposta.
Enquanto isso, funcionários da empresa responsável pela manutenção vão fazendo uma bela limpeza das crateras formadas no que deveria ser um acostamento, e pintando meio-fios e bocas de lobo. Literalmente, é a isso que chamamos de "maquiagem", que só tem como objetivo enfeitar os buracos que ladeiam o asfalto.
As fotos são das proximidades do trevo de Poço Fundo, mas há locais bem piores, podem acreditar.





segunda-feira, 20 de julho de 2015

PERIGO NA MG 179

Se você precisa passar pela rodovia MG 179, muito cuidado entre a Gimirim Leilões e a área da Cachoeirinha, especialmente para quem segue no sentido Poço Fundo - Pouso Alegre. Uma novilha morta, provavelmente por atropelamento neste fim de semana, está à beira da pista. O animal em si não representa perigo, mas a grande quantidade de urubus que está se juntando no local, sim, pois um ou mais destes pássaros podem ser atingidos por veículos que trafegam por ali. Sem falar no tremendo mau cheiro que logo, com certeza, tomará conta de todo aquele setor.
Comunicamos o fato à Policia Militar, que por sua vez prometeu contactar órgãos que possam resolver o problema.


quinta-feira, 2 de julho de 2015

INCÊNDIO CRIMINOSO EM LOTEAMENTO DEIXA MORADORES NO SUFOCO

Um incêndio destruiu toda a vegetação de um terreno às margens da estrada da Saída da Ponte Azul, na tarde desta quinta, e deixou moradores do bairro Nova Poço Fundo literalmente no sufoco.  O fogo teria iniciado numa entrada secundária de um loteamento e tomou conta de todo lote. Embora algumas pessoas tenham afirmado que sabiam que eram os autores do sinistro, ninguém quis revelar os seus nomes.
O caminhão-pipa da Prefeitura foi acionado, mas quando chegou a destruição já estava completa. Por sorte, os funcionários conseguiram evitar que as chamas atingissem um lote que fica bem ao lado de uma residência, o que poderia ocasionar ainda mais problemas ao proprietário, que já havia passado um grande sufoco com a fumaça que invadiu sua moradia e a de uma vizinha. Quem passava pela estrada também teve dificuldades.
Os detalhes estarão na próxima edição do JPF.





quarta-feira, 25 de março de 2015

PERIGO NA EDGARD FERREIRA

Uma cratera se abriu na rua Edgard Ferreira, no bairro São José, o popularíssimo "Canto" (proximidades da Igreja de Santa Rita) e está colocando em risco veículos que passam pelo local. O enorme buraco se originou, como ocorre sempre que chove de maneira constante, a partir de um entupimento e infiltrações da rede de captação de águas pluviais e do esgoto, e o calçamento está ficando totalmente oco.
Segundo moradores, o problema surgiu já cerca de uma semana, e a única ação da Prefeitura até o momento foi a colocação de um cavalete para sinalizar o local. A questão é que todo o setor deveria ser isolado, pois há grande possibilidade de que a cratera aumente ainda mais e que carros mais pesados possam afundar por não saber que o calçamento está servindo apenas como uma espécie de "casca", facilmente quebrável.
Fomos conferir de perto a situação e entramos em contato imediatamente com a Ouvidoria da Prefeitura, solicitando medidas para  proteção de motoristas e pedestres (há muitas crianças na área), enquanto o conserto não é realizado. Antes do fechamento desta nota, o ouvidor Alexandre Ferreira informou que o pedido já havia sido repassado à Secretaria de Obras.



terça-feira, 13 de janeiro de 2015

CRIANÇA MORRE EM COLISÃO DE CAMINHÃO COM PONTO DE ÔNIBUS

Mais uma tragédia foi registrada na rodovia MG 179, na noite desta segunda-feira (12), entre São João da Mata e Silvianópolis. Um caminhão que seguia no sentido Alfenas - Pouso Alegre bateu num ponto de ônibus na altura do quilômetro 73, região sinuosa e altamente perigosa. Um garoto que aproveitava as férias para viajar com o pai, morreu.
Segundo a Policia Rodoviária Estadual, sede de Pouso Alegre, o motorista, que não sofreu ferimentos, disse apenas que seguia normalmente pela via quando perdeu o controle e saiu da pista, logo após uma das curvas. Com ele, estavam a filha de cinco anos e o filho de nove. A batida foi mais forte no lado dos passageiros. A garotinha, felizmente, sofreu apenas ferimentos leves, mas o menino não resistiu.
Por sorte, não havia ninguém no ponto de ônibus, e por isso a tragédia não foi ainda maior.
Fomos ao local nesta terça e conferimos a destruição provocada.
Detalhes em nossa próxima edição do JPF.




terça-feira, 23 de dezembro de 2014

CASA CORRE RISCO DE DESABAMENTO POR CONTA DA CHUVA EM MACHADO

A chuva intermitente que caiu sobre a região desde a madrugada desta terça-feira (23) está causando diversos prejuízos em Machado, e algumas familias estão passando por momentos de medo e indefinições, por conta de riscos de desabamentos. Uma delas é a da dona de casa Maria Berenice, na Rua Ernesto Pereira Neves, bairro Santo Antônio II. O desmoronamento de um barranco fez com que o muro recém-construído nos fundos da residência caísse, chegando a atingir outras casas logo abaixo.
O problema não pára por aí. Com a continuidade das precipitações, a terra continua cedendo, e a área de deslizamento está se direcionando à porta da cozinha da moradia. O medo dos moradores é de que toda a construção seja atingida.
De acordo com a proprietária, contatos já foram feitos com a Prefeitura, mas a resposta foi totalmente insatisfatória. Segundo elas, apenas foi dito que "nada poderia ser feito". A familia não tem como controlar a descida de terra e também encontrará dificuldades para refazer o muro e a proteção que isso requer.
As fotos foram enviadas por Bruna, uma das filhas da dona do imóvel.




segunda-feira, 25 de agosto de 2014

ACOSTAMENTO DO DESCASO FAZ CASAL PASSAR SUFOCO

Um casal passou por sérios apuros no início desta tarde na rodovia MG 179, por conta das péssimas condições do acostamento (se é que podemos chamar as crateras ao lado da pista desta forma) nas proximidades do trevo secundário de Poço Fundo, o chamado "Acesso II". O veículo em que eles estavam seguia no sentido Pouso Alegre quando caiu num dos buracos, e na tentativa de voltar à pista o motorista acabou perdendo o controle e por pouco não caiu numa ribanceira do lado contrário.
Num lance de muita sorte, ele e a sua esposa, que estava no banco do carona, saíram ilesos do sinistro. O carro, porém, sofreu danos consideráveis, principalmente nas rodas dianteiras, que se quebraram por conta do impacto com as valas.
A Policia Militar esteve no local e prestou os primeiros atendimentos. O automóvel ficou numa posição perigosa, com parte da traseira na pista de rolamento, mas o local foi sinalizado enquanto se aguardava a chegada da Policia Rodoviária Estadual.

Somente estatísticas

Vale sempre lembrar que o acostamento da Rodovia MG 179, no setor entre Machado e São João da Mata, apresenta vários pontos com grandes crateras, oferecendo extremo perigo para os motoristas em ambos os sentidos de direção. Não foram poucos os acidentes registrados por conta disso, inclusive com mortes, mas nada parece sensibilizar os responsáveis pela estrada, que a cada ano inventam uma desculpa diferente para deixar tudo como está.
Agora, em ano eleitoral, não foram e não serão poucas as promessas de resolução do problema (e vai ter gente que acreditará nelas). A realidade, nua e crua, no entanto, é que acidentes como os de hoje, e até as vidas perdidas em outros, continuam a ser apenas meros e frios números nas estatísticas.







sexta-feira, 8 de agosto de 2014

INCÊNDIO EM BAMBUZAL GERA PERIGO NA CURVA DA CACHOEIRINHA

Um incêndio num bambuzal localizado no quilômetro 42 da rodovia MG 179 (curva da Cachoeirinha) por pouco não causa uma tragédia, na tarde desta sexta-feira (8). Um motociclista foi atingido por um dos bambus, que caiu na pista. Por sorte, ele só teve ferimentos leve e foi na própria moto ao Pronto Atendimento, apesar de a ambulância ter chegado rápido para o socorro.
Os servidores do DER foram acionados por volta das 17h00, com o aviso de que a rodovia estava sendo tomada pelos arbustos. Uma limpeza foi feita e o asfalto foi logo liberado, mas o fogo voltou a tomar conta da mata, gerando apreensão não só pelo perigo aos motoristas como também a propriedades próximas.
A Policia Militar e a Policia Rodoviária estiveram no local, e até o fechamento desta nota a guarnição poço-fundense ainda estava tentando contato com os responsáveis pelo caminhão pipa da Prefeitura, para que uma ação efetiva de combate às chamas fosse realizada.
Continuamos acompanhando o caso.







segunda-feira, 26 de maio de 2014

QUINTAL VIRA NINHO DE ESCORPÍÕES

Moradores da Rua João de Paula Ferreira estão apavorados. Uma grande quantidade de escorpiões tem invadido algumas residências, e a origem está mais que clara para todos os que os encontram: o lixo acumulado no quintal de uma casa, que além disso está tomado por um grande matagal.
A moradia está praticamente abandonada. O dono, um idoso, mora no Asilo, mas a visita frequentemente. No entanto, ao invés de limpar o quintal, segundo vizinhos, ele simplesmente leva diversos objetos encontrados na rua, jogando tudo por ali. Por isso, o terreno está lotado de madeira, latas, telhas, tijolos e outros materiais, que são cobertos por trepadeiras e outros tipos de plantas.
Com o surgimento dos aracnídeos, foram feitos pedidos à Vigilância Sanitária, para que providências fossem tomadas, mas nada foi feito.
Diante disso, alguns vizinhos procuraram nossa reportagem, para dar publicidade ao fato e solicitar orientações. De casas próximas, fizemos imagens que comprovam o problema, e encaminhamos ao Ministério Público, que já está tomando providências.
Aguardamos os resultados e repassaremos detalhes na próxima edição do JPF.







terça-feira, 25 de março de 2014

POLIESPORTIVO VIRA "BOCA DE FUMO"

Já não bastasse o péssimo visual produzido por um espaço público totalmente abandonado, sem indicativo de reforma ou mesmo de demolição, o Ginásio Poliesportivo Gavinão agora também causa agora preocupação e medo em boa parte dos que residem no bairro Nova Gimirim. Denúncias apontam que viciados tem invadido o espaço para fazer uso de entorpecentes e para prostituição, e que determinados horários se tornaram perigosos para quem passa pela área.
Alguns moradores afirmam que o problema já está ocorrendo há meses. Os usuários, em sua maioria adolescentes, se aproveitam do abandono para fumar crack e maconha no local, enquanto outros vigiam disfarçadamente os acessos. Na iminência de qualquer aproximação de viatura policial, eles se espalham rapidamente, mas voltam logo que se sentem seguros novamente.
O Poliesportivo foi fechado para reforma ainda no final da administração anterior, mas apenas placas de propaganda do Governo Federal, sobre o trabalho que nunca foi realizado, indicam que um dia houve essa intenção. Enquanto o espaço é utilizado para práticas ilícitas, as crianças e adolescentes do bairro continuam sem opções para a prática de esportes.
Repassaremos o problema à Prefeitura (Já fizemos algumas tentativas via telefone nesta manhã, mas ainda não fomos atendidos) e você terá detalhes em nossa próxima edição do JPF.



quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

SUFOCADOS PELO DESCASO

Tempo seco, calor intenso, baixa umidade... são os principais elementos apontados para o grande número de incêndios em matas e matagais da região, e muitas vezes citados como únicas causas, de vez em quando aliados à falta de consciência de algumas pessoas, que ateiam fogo onde não se deve.
No entanto, é claro para boa parte dos moradores vizinhos a lotes vagos em vários bairros de Poço Fundo, que sofrem com a fumaça e correm sério risco de intoxicação ou até de terem suas casas atingidas pelo fogo, que ações mais eficazes (e eficientes) por parte do poder público contra os donos de terrenos que ficam abandonados e tomados pelo mato no município evitariam grande parte deste problema.
Espaços que há muito tempo não sabem o que é um boa ação de roçadeira, uma boa capinada, e são deixados ao léu, comprados apenas para transações imobiliárias futuras, e não para construções, são exatamente os pontos onde estão ocorrendo os sinistros, algo que não ocorreria se os seus proprietários os mantivessem em condições adequadas para a zona urbana. Quem mora perto destes terrenos e já sofre o ano inteiro com ratos, cobras, escorpiões e perigosas aranhas invadindo suas residências, no tempo seco ainda contam com outras invasões: a da fumaça tóxica e a do medo de terem seus imóveis incendiados, como ocorreu em Machado com uma loja de móveis, recentemente.
Na semana passada, muita gente se assustou com um incêndio no bairro Mãe Rainha. Nesta, nossa reportagem já flagrou pelo menos mais três focos, sendo o último na manhã desta quarta-feira (12), na vila Guilherma. O detalhe é que em todos os casos, os próprios vizinhos tiveram que conter as chamas, com abafadores improvisados, já que em um caso o caminhão pipa da Prefeitura estava quebrado, e em outras não se conseguiu contato com os responsáveis pelo veículo. Com a unidade do Corpo de Bombeiros mais próxima localizada em Alfenas, a alternativa é mesmo se arriscar e encarar o perigo, para evitar coisa ainda pior.
Segundo institutos de meteorologia da região, uma frente fria está se aproximando do Sudeste, e a chuva pode voltar a qualquer momento. Pode ser um grande alívio para um bocado de gente, e os riscos de incêndios diminuem, mas para os moradores cujas casas ladeiam ou ficam próximas destas verdadeiras ilhas de matagal (faixas de capim e arbustos cercados de casas por todos os lados), as coisas apenas voltam à normalidade, com suas jararacas e cascavéis de todas as semanas.
Fica aí o apelo às nossas autoridades, por uma atenção maior a esta gente, e rigor mais contundente tanto contra os que provocam os sinistros como contra os irresponsáveis proprietários destes lotes.





quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

ATO DE IMPRUDÊNCIA CAUSA INCÊNDIO EM TERRENO NO MÃE RAINHA

Um ato de imprudência acabou assustando, nesta quinta-feira (6), moradores de parte do bairro Mãe Rainha. Uma pessoa não identificada ateou fogo a um matagal e iniciou um grande incêndio. Toda a região foi tomada por uma densa fumaça, que invadiu casas e levou risco de intoxicação para os que residem nas proximidades.
Sem apoio do caminhão pipa da Prefeitura, que segundo primeiras informações estaria com defeito, e com a unidade mais próxima do Corpo de Bombeiros localizada somente em Alfenas, os próprios moradores se arriscaram e trataram de combater o sinistro, se valendo de abafadores improvisados, feitos com galhos de árvores e arbustos. Por sorte, nenhuma residência foi atingida e ninguém ficou ferido.
Novamente fica o alerta: Com o tempo seco, a possibilidade de incêndios é muito grande, principalmente nos vários terrenos baldios que existem na cidade, e é preciso estar sempre em alerta para evitar o pior. Em Machado, o fogo iniciado num lote vago foi exatamente o que acabou destruindo um estabelecimento comercial, por pouco não causando uma tragédia.

A densa fumaça podia ser vista de longe quando o sinistro começou

O incêndio gerou risco de intoxicação para quem vive nas proximidades do terreno

Os próprios moradores tiveram que combater o fogo, para evitar o pior