Mostrando postagens com marcador bairro Córrego do Ouro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bairro Córrego do Ouro. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 25 de junho de 2015

RAPAZ QUE ESTAVA DESAPARECIDO É ENCONTRADO MORTO

Chegou ao fim, na tarde desta quinta-feira (25), a incansável busca por Mateus Donizete de Oliveira, o Zetinho, realizada por seus familiares do bairro Córrego do Ouro, zona rural de Poço Fundo. O homem, que tinha 37 anos e sofria de problemas mentais, foi encontrado morto em meio a um cafezal na região entre os bairros Jacutinga e Cachoeira Grande. Um lavrador que trabalhava no local deparou com o corpo numa das ruas e não demorou para que o reconhecesse. Logo, parentes do rapaz foram informados do fato, bem como a Policia Militar.
A Perícia já esteve no local e o corpo seria removido para o Instituto Médico Legal de Alfenas, para os devidos exames, embora não haja, em princípio, nenhum sinal de violência no cadáver.
Detalhes em nossas próximas edições do grupo JPF.



quarta-feira, 17 de junho de 2015

HOMEM COM PROBLEMAS PSICOLÓGICOS ESTÁ DESAPARECIDO

A familia de Mateus Donizete de Oliveira (37 anos) está em desespero à sua procura. O rapaz, que tem problemas mentais, desapareceu de sua residência, no bairro Córrego do Ouro (região da Cachoeira Grande, Campestre, etc) no último dia 9, e até o momento não foi encontrado.
Familiares já registraram boletim de ocorrência e efetuam buscas pela região do bairro de onde ele sumiu, mas ainda não tiveram sucesso. Quando saiu de casa, ele vestia uma calça de ginástica azul, camiseta clara com botões e estava descalço.  Tinha barba rala, que agora deve estar espessa. 
Mateus já havia desaparecido por um longo período antes. Quando ele morava no bairro São José, próximo à Igreja de Santa Rita, saiu de sua casa no dia 14 de setembro de 2012 e só foi encontrado no dia 29, no bairro Piedade. Todos esperam que o mesmo ocorra também nesta oportunidade.
Mateus pode estar em alguma mata ou propriedade rural de Poço Fundo ou mesmo de Campestre, município vizinho, mas devido ao tempo de desaparecimento, outras localidades não estão descartadas.
Se você tiver alguma pista, ligue para o 190 (Policia Militar), para a Delegacia (3283-1236),  para o celular de nossa reportagem (9902-0871), para  o JPF (3283-1575) ou para a rádio Gimirim FM (3283-1699).