Mostrando postagens com marcador Willian. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Willian. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

AGENTE DE VIAGENS DESAPARECIDO É ENCONTRADO NO NORTE DO ESTADO







A familia de Willian dos Santos (19 anos) agora respira um pouco mais aliviada. O agente de viagens, dado como desaparecido desde o último dia 5 (quinta-feira), foi encontrado em Taiobeiras, norte do estado, onde residem seus avós paternos.
Segundo a mãe e a namorada do rapaz, ele teria sido visto por um primo, que na verdade não o conhecia, num ônibus que seguia para aquela cidade. "O primo nunca tinha visto ele, mas abriu o celular no facebook e viu a mensagem de seu desaparecimento. Então entrou em contato com outros parentes, e estes com a gente", disse a namorada.
Ainda de acordo com a familia, Willian está com problemas de cunho psicólógico, "não falando coisa com coisa", e agora a luta vai encontrar meios de trazê-lo de volta para Poço Fundo. Eles foram orientados a procurar a Secretaria da Saúde, e assim obter informações de como proceder.
Quanto à questão da viagem frustrada a Trindade, que gerou inclusive um boletim de ocorrência por parte de viajantes lesados, foi adiantado à nossa reportagem que o pai do jovem teria feito inúmeros sacrifícios e, por conta própria, devolveu a possíveis vítimas cerca de R$ 3500, do próprio bolso e contando com a ajuda de amigos.
Os familiares fizeram questão de agradecer a todos que divulgaram o desaparecimento, inclusive a reportagem do JPF, e agora só desejam que tudo volte ao normal o mais rápido possível.
Continuamos acompanhando o caso, e você terá detalhes completos em nossas próximas edições do grupo JPF.

terça-feira, 7 de julho de 2015

RÉU CONFESSO DE HOMICÍDIO CONTRA EX-MULHER É CONDENADO PELO JÚRI

O Tribunal do Júri condenou, nesta terça-feira (7), o servente Willian Ferreira pelo assassinato de Marilia Peres, ocorrido em fevereiro do ano passado. A pena dosada pelo Juiz Fernando Tamburini é de 17 anos de prisão.
Para os jurados, Willian matou a ex-esposa por motivo fútil e sem lhe dar nenhuma chance de defesa. A punição só não foi ainda maior porque ele se entregou e confessou o crime. Familiares da vitima comemoraram o resultado, mas mesmo assim proferiram xingamentos ao acusado na sua saída para a Cadeia de Machado.
O advogado do réu, Luiz Henrique, já antecipou que vai recorrer da decisão, para tentar diminuir a pena.
Os detalhes de como foi o julgamento em nossas próximas edições do grupo JPF.

Julgamento foi rápido. Sentença foi lida por volta das 15h15

Plenária do Fórum ficou lotada durante todo a sessão