Mostrando postagens com marcador São Paulo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador São Paulo. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 11 de junho de 2015

"QUADRILHA DOS TRATORES" COMEÇA A SER DESMANTELADA

A Policia Civil de Machado prendeu, no decorrer desta semana, quatro pessoas suspeitas de envolvimento em uma quadrilha de roubo, adulteração e revenda de tratores. O grupo também pode estar ligado a furtos de gado e outros crimes cometidos na região.
As investigações começaram em 2014, com uma grande apreensão de máquinas de diversas marcas em propriedades de Machado e da região, e com a prisão do quarteto em Machado e Poço Fundo, os trabalhos entram na fase de identificação de outros membros, o que com certeza deverá ocasionar o desmantelamento da quadrilha.
Quem são os envolvidos, a participação de cada um deles e os desdobramentos deste caso, você acompanha nas próximas publicações do grupo JPF.





sexta-feira, 2 de maio de 2014

PRESO O ASSASSINO DO ESCRIVÃO CARLÃO

O homem responsável pelos tiros que mataram o escrivão Carlos Roberto de Carvalho Júnior, o Carlão, em setembro de 2013, foi preso nesta sexta-feira (2), na cidade de São Pedro (SP). Luan Edneicon da Silva (25 anos), estava escondido em Piracicaba, e supostamente iria tentar cometer um assalto no município onde foi detido.
Segundo informações repassadas pelo delegado Juliano do Lago, policiais desconfiaram do jovem, que estava em atitude suspeita pelas ruas da cidade paulista. Ele estava em um carro, acompanhado por outro suspeito, e na iminência de ser abordado, tentou dispensar um revólver, que foi localizado e apreendido. A dupla foi detida para averiguação.
Na delegacia, Luan se apresentou usando o nome de seu irmão. No entanto, o delegado Marcel Souza, que atendeu ao caso, não se deu por satisfeito e pediu a comparação das digitais do meliante com as do documento, numa atitude muito elogiada pelo seu colega machadense, e descobriu que elas não batiam. A partir daí, a identificação do bandido como sendo o assassino foragido foi questão de tempo.
Após contato com a delegacia de Machado, descobriu-se que Luan era procurado pelo latrocinio que vitimou Carlão, e então ele ficou detido até que o mandado de prisão fosse encaminhado e cumprido pela policia paulista.
O seu comparsa, que também tentou enganar os policiais com uma identidade falsa, é Marcos Henrique de Paula (23 anos), que também estava foragido e é apontado como autor de vários roubos e envolvimento com o tráfico de drogas. O rapaz já havia sido preso em Poço Fundo em meados de 2009, quando o delegado responsável pela cidade ainda era o Dr. Cleovaldo Pereira.
Ambos agora responderão a processo por porte ilegal de arma e falsidade ideológica em São Pedro, mas podem ser transferidos a qualquer momento para a Cadeia de Machado, para enfim pagar devidamente pelos seus crimes.
Os detalhes da prisão de Luan você confere na edição deste sábado da Gazeta Machadense.

O assassino de Carlão se apresentou como sendo o seu irmão, mas o tirocínio do delegado de São Pedro fez com que ele finalmente fosse preso

Marcos também apresentou identidade falsa, e dançou, como o seu parceiro

Bandidos tentaram dispensar arma, que foi recuperada e apreendida

sexta-feira, 12 de abril de 2013

LADRÃO MORRE DO CORAÇÃO DURANTE ASSALTO



Este video está rodando o mundo, pelo inusitado do fato. A Polícia Civil de Mogi das Cruzes, Região Metropolitana de São Paulo, divulgou na tarde da última quinta-feira (11) as imagens que mostram o momento exato em que um assaltante morre durante um assalto a um posto de combustíveis.
A ação dos criminosos e o incidente aconteceram em menos de 20 segundos. A mãe do assaltante que morreu disse que ele tinha problemas cardíacos.
De acordo com as imagens, às 21h07 da última terça-feira (9), Luiz Antônio Teixeira, de 25 anos, chega ao posto de combustíveis com mais dois comparsas. O estabelecimento fica no distrito de Brás Cubas. Primeiro ele e os comparsas rendem os frentista. De repente, Teixeira, que veste uma blusa azul, cai no chão.
Assustado e sem entender nada, um dos comparsas guarda a arma e tenta levantar o colega. O que chama a atenção é o fato de que os próprios frentistas que retiram o corpo do ladrão de lá e tentam salvá-lo, colocando-o no carro dos comparsas (vitimas tentando salvar que os ameaçava). No entanto, segundo a Polícia Civil, para fugir, os outros criminosos deixaram o corpo de Teixeira em uma rua próxima (pois é...). A suspeita é de que o assaltante tenha tido um infarto fulminante, mas a causa da morte só vai poder ser confirmada depois da autópsia.
De acordo com o delegado Edson Gianuzzi, todos os assaltantes já foram identificados, qualificados e indiciados por roubo e formação de quadrilha. A polícia disse ainda que um quarto suspeito também participou da ação. Ele tem 23 anos e já possui passagem pela polícia por tráfico de drogas. O suspeito foi ouvido na delegacia nesta quinta (11). "Ele nega a participação. Diz que apenas deu carona para os outros três que cometeram o roubo. Mas sabemos que ele ainda ficou no local por cerca de dez minutos e ajudou na fuga", explica.
Os outros dois, um de 24 anos e outro de 18, estão foragidos. A mãe de Luiz Antônio Teixeira, de 25 anos, esteve na delegacia e confirmou que o filho tinha problemas cardíacos desde criança, mas ela disse que atualmente ele não estava em tratamento.
Detalhe: o grupo de assaltantes levou apenas R$ 50 em dinheiro do posto.