Mostrando postagens com marcador barro. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador barro. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

SUFOCO NO MORRO DA ÁGUA LIMPA





Motoristas passaram novo sufoco na manhã desta sexta-feira (11) ao tentar subir o Morro da Água Limpa, zona rural de Poço Fundo. A estrada está impraticável para veículos pesados ou de grande porte, e até carros e motos têm dificuldade para trafegar pela área. Dois ônibus escolares ficaram literalmente encravados, e foi preciso o apoio de uma máquina da Prefeitura para liberar o trânsito, que ficou parado nos dois sentidos.
Depois da liberação, um serviço de "raspagem" foi feito e ainda hoje caminhões com brita deverão ser descarregados no local pela Prefeitura, graças ao apoio de um empresário que faz uso constante daquele caminho.

Fotos: Toninho Rodrigues/Grupo JPF




sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

CARRO SAI DA PISTA APÓS PASSAR POR BARRO NA MG 179

Três pessoas escaparam milagrosamente ilesas de uma saída de pista na altura do quilômetro 56 da rodovia MG 179, no inicio da noite desta sexta-feira (5). Uma grande quantidade de barro que caiu sobre o asfalto foi a causa do acidente. Segundo o motorista, o carro chegou a capotar, mas por sorte caiu com as quatro rodas para baixo em um córrego. No veículo, ainda estavam duas mulheres, que também não se feriram e não se encontravam no local quando da chegada de nossa reportagem.
O local é o mesmo onde, em janeiro de 2013, uma colisão entre uma Hilux e um Kadett, causada pelo mesmo motivo, deixou duas pessoas feridas.
Veja no vídeo como está a área do sinistro, e se você precisa trafegar por este setor, tome muito cuidado.


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

VIAS ESCORREGADIAS

Algumas áreas da zona rural de Poço Fundo já começaram a sentir os efeitos negativos da chuva que (felizmente) tem caído sobre a região. Moradores da área da Bocaina, por exemplo, enviaram algumas fotos da estrada que corta a comunidade, para mostrar o sufoco que é transitar por ela.
Segundo os reclamantes, foram feitos pedidos para cascalhamento da via antes da chegada das tempestades, mas as reivindicações não foram atendidas.
Agora, com o tempo firme, todos esperam que alguma providência seja tomada, antes que voltem as precipitações.



quinta-feira, 7 de novembro de 2013

BARRO NA CIDADE

Não é só a zona rural que contém áreas de difícil acesso ou tráfego praticamente impossibilitado quando a chuva resolve se instalar de vez em Poço Fundo. Alguns pontos do perímetro urbano também apresentam problemas e dificultam a vida de quem precisa passar por eles, como nas proximidades da Borracharia do Fernando, da Marmoraria Poço Fundo e no prolongamento da rua Manoel Abrahão Filho, na chegada para o bairro Mãe Rainha. Bueiro desprotegido, barro, água empoçada e atoleiros são comuns nestes setores, e não é de hoje.