Mostrando postagens com marcador explosão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador explosão. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 24 de junho de 2015

CURTO-CIRCUITO DEIXA CENTRO DE POÇO FUNDO SEM ENERGIA

Parte do centro de Poço Fundo ficou sem energia elétrica depois da ocorrência de um curto-circuito na rua Capitão Antônio Gonçalves, na manhã desta quarta-feira (24). A via e áreas interligadas tiveram o fornecimento interrompido, por conta do desligamento de fusíveis, e até o sinal de internet via fibra ótica foi afetado. A previsão é de que o problema perdure pelo menos até as primeiras horas da tarde.
Moradores e comerciantes se assustaram com a forte explosão, ouvida em várias partes da cidade. Uma pomba que teria pousado em algum ponto vulnerável da fiação teria causado a descarga. A ave morreu, e as faíscas geradas chegaram a danificar o capô de um veículo que estava estacionado ao lado do poste.
Segundo relatos, a presença de pombas no setor preocupa, pois não foi a primeira vez que um acidente como esse aconteceu por causa delas.




terça-feira, 21 de outubro de 2014

EXPLOSÃO NA CIMED EM POUSO ALEGRE CHOCA TODA A REGIÃO

Pelo menos 26 pessoas ficaram feridas, três com ferimentos graves, após a explosão na Indústria Cimed Medicamentos, em Pouso Alegre, no início da manhã desta terça-feira (21). O Corpo de Bombeiros informou que após a explosão parte de um galpão desmoronou. Uma das vítimas foi socorrida em estado crítico.
Os feridos foram levados para o Hospital Samuel Libânio, e segundo a instituição, a maioria das vítimas sofreu ferimentos leves, como escoriações, e inalou muita fumaça. Os três feridos graves estão na UTI. Carlos Israel dos Santos Souza teve queimaduras em 90% do corpo, Jalber Mendes das Chagas sofreu um corte profundo na cabeça, na região da testa e dos olhos, e Gilmar Pereira de Oliveira inalou muita fumaça. As outras 23 pessoas seguem em observação.
O acidente aconteceu depois de um curto-circuito, dentro de uma estufa de secagem de medicamentos. Com o impacto, parte de um galpão desmoronou. o local foi interditado.
A Polícia Civil já compareceu ao local, e o trabalho de perícia foi realizado. O incêndio, que começou por volta de 6h30, foi controlado cerca de três horas depois.
Segundo a assessoria de imprensa da Indústria Cimed de Medicamentos, que tem sede em São Paulo, uma equipe da empresa já está na cidade acompanhando as investigações sobre a explosão. A unidade de Pouso Alegre possui cerca de 1,2 mil funcionários, e não seria possível neste momento dizer quantas pessoas trabalhavam ali na hora do sinistro.

ATUALIZAÇÃO: A vítima que estava em estado crítico  não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta quarta-feira (22). De acordo com assessoria de imprensa do Hospital Samuel Libânio, Carlos Israel dos Santos Souza teve queimaduras em 90% do corpo. O corpo foi liberado para o IML de Pouso Alegre. As outras já não correm risco de morrer.

Um dos funcionários encontra-se em estado crítico

Empresa tem 1200 funcionários, e não sabe dizer quantos estavam no local do acidente

Galpão onde ocorreu explosão foi interditado