quinta-feira, 15 de junho de 2017

CASAL DENUNCIA ABUSO CONTRA A FILHA E ACUSA VEREADOR DE SÃO JOÃO DA MATA

O comerciante Rodrigo Leone de Oliveira Sete (36 anos) e sua esposa, a esteticista Claudia Silva Lopes da Cruz (34 anos) estão extremamente revoltados. E tem fortes razões para isto. O casal foi colhido de surpresa por uma denúncia feita por sua filha, de apenas 11 anos de idade: Ela teria sido vítima de abuso sexual, e o crime vinha sendo praticado há pelo menos um ano.

Um vereador da cidade, José Cristóvão Domingues (58 anos), é apontado pela pequena como autor dos atos infames, bem como de outras duas crianças, de 11 e 12 anos, que também resolveram contar o que haviam passado em suas mãos.

Rodrigo e Cláudia conversaram com nossa reportagem e fizeram um relato de como tudo fora descoberto, e sobre o desejo de que a Justiça seja feita. Eles ainda acreditam, por conta de diversos fatores, que muitas outras vítimas possam aparecer após esta primeira denúncia, e pedem que os pais os procurem ou que informem à Policia os fatos ocorridos, para assim nenhum abuso ficar impune.

Confira o impactante depoimento no vídeo abaixo.
(Em tempo: Tentamos contato com o vereador citado, pelo telefone que ele próprio forneceu para confecção do boletim de ocorrência. Ele não atendeu às ligações e nem respondeu às mensagens enviadas por wathsapp)

quarta-feira, 14 de junho de 2017

DENUNCIAS DE ABUSO INFANTIL MOVIMENTAM AUTORIDADES EM SÃO JOÃO DA MATA

A Policia Militar e o Conselho Tutelar de São João da Mata tiveram muito trabalho neste último dia 13 (terça-feira), um dia considerado "santo" em todo o país. Denúncias de abuso sexual contra crianças, feitas contra pelo menos dois autores diferentes, e que em princípio estariam acima de qualquer suspeita, surpreenderam os profissionais de segurança pública e de defesa dos direitos dos pequeninos. Um dos autores seria um cadeirante, e o outro, um vereador da cidade.

Em ambos os casos, as vitimas tem apenas 11 anos de idade. No primeiro deles, uma garotinha teria contado a uma professora que vinha sendo abusada há muito tempo por um parente (em princípio padrinho). Segundo ela, o homem, que seria deficiente físico e teria 34 anos, se aproveitava do grau de proximidade com a família para promover atos libidinosos, como carícias em suas partes íntimas. Além disso, ele também estaria constantemente enviando mensagens e videos com imagens pornográficas para o celular da pequena. Dois meses após a última investida, a mais violenta, ela não suportou a pressão e resolveu contar à sua Mestra, e a partir daí o caso começou a seguir outro rumo, com contatos feitos ao Conselho Tutelar e encaminhamento ao Destacamento PM, onde a denúncia foi confirmada em boletim de ocorrência.

O suspeito foi procurado e negou qualquer abuso. Como os últimos fatos se deram há mais de 50 dias e a vítima, por medo, teria apagado as imagens de seu celular, não houve prisão em flagrante. A garota foi encaminhada ao IML de Pouso Alegre, para exames.

No outro registro, o acusado seria um vereador do município. Uma menina, da mesma idade da do caso acima, teria contado aos pais que o edil estaria abusando dela há pelo menos um ano. No relato aos genitores, a pequena, assustada e traumatizada, teria até apontado no próprio corpo onde teriam sido os toques infames. Revoltado, o pai chegou a procurar o suspeito,, mas este não o atendeu. Depois, à Policia Militar, negou que tivesse praticado qualquer ato abusivo. No entanto, outras vítimas surgiram, e também o denunciaram, mostrando desta forma que este caso pode ser ainda mais chocante. Depois das denúncias, o parlamentar simplesmente teria sumido da cidade.  As garotinhas que o apontaram como sendo o maníaco que as atacou também foram encaminhadas ao IML, para exames.

Nossa reportagem ouviu os pais de uma das vítimas, os primeiros a procurarem a PM, e gravou um emocionante depoimento sobre este assunto. Estamos tentando contato com o suspeito, para ouvir sua versão, e em breve publicaremos mais detalhes, com o relato do casal, tendo ou não conseguido resposta do acusado.

Ambos os casos agora estão nas mãos da Delegada Cibele Molinari, de Silvianópolis, responsável também por São João da Mata.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

MACHADO TEM MAIS UM HOMICIDIO REGISTRADO NA CIDADE

A cidade de Machado mais uma vez virou alvo dos noticiários por causa de outro homicídio cometido na cidade. Eduardo Vieira (foto), cuja idade ainda não foi informada, mas que teria na faixa de 20 anos, acabou alvejado por disparos de arma de fogo no final da manhã desta sexta-feira (9), nas proximidades do Cemitério Municipal. De novo, a famigerada rixa entre gangs machadenses pode ser a principal motivação do crime, mas nenhuma hipótese está descartada.
As informações ainda são preliminares, mas de acordo com a Policia Militar o rapaz caminhava pela avenida Oscar de Paiva Westin quando dois homens em uma moto, que passavam pela área, se aproximaram.  O garupa, com um revólver, simplesmente teria passado a atirar contra ele. Não há dados sobre quantas vezes o jovem foi atingido, mas o fato é que ele morreu no local. O SAMU foi acionado, mas já era tarde.
A dupla fugiu, e agora é procurada pela Policia Militar. Os trabalhos da Policia Civil também já começaram, primeiro com o acionamento da Perícia.
Estamos acompanhando o caso.

segunda-feira, 5 de junho de 2017

HAITIANO SE PERDE E VEM PARAR EM POÇO FUNDO

Um haitiano desembarcou, neste domingo (4), de um ônibus em Poço Fundo e.  sem falar português, francês ou inglês, não consegue se comunicar com ninguém. Aparentemente, Elamond Dantesse (36 anos) teria vindo do seu país para São Paulo e de lá deveria seguir para Santa Catarina, mas, não se sabe como, acabou seguindo um caminho totalmente diferente.

Um agente da Empresa Santa Cruz, percebendo que o rapaz estava perdido, postou um vídeo em rede social, pedindo ajuda. 

O Secretário de Ação Social, Jander Souza seguiu ao Terminal e, após diversas tentativas de comunicação, optou por recolhê-lo e procurar primeiro um abrigo e alimento. Solicitou ajuda do pastor e dirigente de Clínica de Recuperação, Gener Carvalho, que acolheu o estrangeiro em sua instituição, sendo recebido pelo Pastor Marcelo (na foto com o imigrante e a equipe da Ação Social).

Nos documentos do jovem constam telefones de contato, para os quais membros da clínica e da Secretaria  fizeram ligações. Um dos números é de Santa Catarina, para onde aparentemente ele deveria ter seguido. Uma pessoa teria atendido e parte do mistério foi resolvido. Elamond, que é natural de uma "comuna" haitiana, chamada Ganthier, fala apenas o dialeto de sua região, e por isso não entende absolutamente nada de outras línguas. Ele teria chegado a São Paulo com um amigo e se perdeu, tendo pegado um ônibus para Pouso Alegre e, de lá, para Poço Fundo.

A Secretaria de Ação Social está buscando formas de promover o contato entre ele e outros imigrantes de sua área, que estão em São Paulo e em Santa Catarina, procurando também meios de levá-lo de volta ao caminho que estava seguindo.

Enquanto isso, as conversas tem sido feita por gestos na Clínica, e também aprende algumas palavras em português. Agora, está mais tranquilo e seguro (estava claramente com medo, por estar em um lugar desconhecido e sem nenhuma forma de contato linguístico).

O secretário Jander, o pastor Gener e sua equipe buscam por haitianos que morem na região, para tentar estabelecer uma melhor comunicação e saber um pouco mais de sua história. Se você, que lê esta matéria, conhecer alguma pessoa que possa ajudar, entre em contato conosco pelo fone (35) 3283-2298 (Secretaria de Ação Social) ou conosco pelo wathsapp (35) 99902-0871.


DUPLA TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM MACHADO


A noite deste domingo (4) foi marcada por mais uma tentativa de homicídio, desta vez contra duas pessoas, em Machado. Um homem foi atingido no pé e uma mulher por pouco não foi perfurada na barriga por uma bala. A Policia Militar foi acionada por meio de denúncia anônima e compareceu ao Pronto Atendimento, onde o casal estava recebendo auxílio médico. Ambas afirmaram que estavam no Jardim das Oliveiras quando dois bandidos em uma motocicleta simplesmente passaram a atirar em suas direções. Por muita sorte, a mulher só foi atingida de raspão e o seu companheiro teve o pé perfurado. As vítimas não correm risco de morrer. Rastreamento foi feito, mas até o fechamento desta nota não havia nenhuma informação quanto a prisões.

sábado, 3 de junho de 2017

ADOLESCENTE MORRE APÓS BATER COM MOTO EM CAMINHÃO NA ZONA RURAL DE POÇO FUNDO


GAROTO IA DA ROÇA À CIDADE PARA BUSCAR A MÃE NO TERMINAL RODOVIÁRIO QUANDO OCORREU O SINISTRO

Um jovem morreu em um trágico acidente na estrada que leva ao bairro Cachoeirinha de São Miguel, zona rural de Poço Fundo, na manhã deste sábado (3). José Bruno Araújo, de apenas 15 anos, era oriundo do estado do Pernambuco, e vinha para Poço Fundo anualmente há algum tempo, já que tem parentes na cidade, para a época da panha de café. No ano passado, foi aluno da Escola Estadual José Bonifácio. Havia chegado ao município para a colheita deste ano, há cerca de 15 dias.

Amigos, parentes do seu estado de origem, colegas de estudos e professores que tiveram contato com o adolescente lhe prestam várias homenagens em sua página da rede social facebook, apontando-o como um garoto sempre alegre, muito educado, amante do futebol e querido por todos que o conheciam. O atual Superintende de Ensino de Varginha, Prof. Erivelton Ramos, o "Barata", foi um de seus mestres, e lamentou a morte do menino. "Era um excelente aluno, muito educado. Estava há alguns anos em Poço Fundo, mas tive oportunidade de lhe dar aulas apenas em 2016, na sala M1. Foi mesmo uma tragédia".

A Policia Civil irá investigar as causas do acidente. O que se sabe até o momento, segundo levantamentos feitos junto à Policia Militar, é que Bruno seguia rumo à cidade para buscar sua mãe no Terminal Rodoviário, quando ocorreu esta triste fatalidade. O motorista do caminhão ficou extremamente abalado psicologicamente por conta do ocorrido, e teve que ser atendido no Hospital de Gimirim, bem como parentes da vítima quando ficaram sabendo do fato.

Todas as ações de praxe, como o trabalho de perícia e encaminhamento do corpo ao Serviço de Verificação de Óbito de Alfenas, foram tomadas após primeiro atendimento da Policia Militar.