Mostrando postagens com marcador movimento. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador movimento. Mostrar todas as postagens

sábado, 27 de julho de 2013

SHOW, BOM MOVIMENTO E PRISÕES NO SEGUNDO SÁBADO DE FESTA

O segundo e último fim de semana da Festa de São Benedito começou bem movimentado, mesmo com o frio intenso que tomou conta da cidade neste sábado (27). Além das apresentações ao vivo nas barracas, da participação do Terno de Congo e do tradicional sorteio do víspora, um show com Jânio de Jeferson foi a principal atração da noite.
A Policia Militar e a equipe de seguranças também tiveram muito trabalho. Algumas brigas tiveram que ser contidas, e pelo menos quatro pessoas acabaram presas. Um casal resistiu a uma abordagem, um rapaz foi acusado de agredir uma mulher e um outro jovem, de 18 anos, foi flagrado atuando no tráfico de drogas. Todos foram conduzidos à Delegacia Regional de Alfenas, para as demais providências.
Neste domingo, acontece o sorteio principal da festa, e em seguida o povão vai acompanhar a procissão de São Benedito e Santa Ifigênia. Logo depois, será realizada a Missa Afro Conga.
Detalhes em nossa próxima edição do JPF.








quinta-feira, 11 de julho de 2013

POÇO FUNDO MARCA PRESENÇA NO DIA NACIONAL DE LUTA

Diversas categorias promovem, hoje, greves e manifestações em todo o país, no movimento denominado Dia Nacional de Luta. Atos estão ocorrendo nas principais cidades do Brasil, com apoio de sindicatos e movimentos. Em várias capitais, rodovias e principais ruas estão bloqueadas.
Em Poço Fundo, servidores e alunos da Rede Estadual de Ensino marcaram suas participações no movimento com uma manifestação pacífica pelas ruas da cidade. Cerca de 70 pessoas participaram da caminhada, que seguiu o mesmo trajeto da quinta-feira passada (4), passando pelos principais pontos do Centro e diante das três escolas estaduais do município. Alguns professores que haviam composto o grupo da semana anterior desta vez optaram por não participar do protesto, o que gerou revolta por parte de alguns colegas, mas a falta foi compensada pela presença de um animado e barulhento grupo de alunos, que saiu em apoio aos seus mestres com gritos de ordem e apitos, chamando a atenção da população para as más condições da Educação no estado.
A Policia Militar acompanhou toda o ato, garantindo o fluxo do trânsito e a segurança dos participantes.
Detalhes na próxima edição do JPF.