Mostrando postagens com marcador esquina. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador esquina. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 29 de abril de 2013

MOTOR DE CARRO É DESTRUÍDO POR INCÊNDIO NO CENTRO

Um Fiat Pálio teve o motor parcialmente destruído por um incêndio na manhã desta segunda-feira, na esquina das ruas Bartolomeu de Oliveira e Capitão Antônio Gonçalves. Segundo o proprietário do veículo, o fogo começou de repente, e o susto foi tão grande que até foi difícil tirar o cinto de segurança para desembarcar e pedir socorro. Felizmente, ele não se feriu.
Comerciantes e moradores da área usaram extintores e água de mangueira para apagar a chamas, e durante vários minutos o próprio motorista resfriou o motor, para evitar novo sinistro.
O carro, que foi comprado há cerca de cinco dias numa loja de usados, não apresentava defeitos aparentes, mas o dono resolveu aguardar a chegada do vendedor para tentar descobrir qual foi o problema e entrar num acordo para, assim, não ficar no prejuízo.
Vale lembrar que a referida esquina parece ser o ponto preferencial para a ocorrência de incêndios em veículos. Há alguns meses, o motor de um VW Fusca pegou fogo por conta de um superaquecimento, quando estava praticamente em frente ao supermercado Alves, e um outro atingiu a residência da esquina, após descer desgovernado pela Bartolomeu de Oliveira.
Talvez seja uma boa idéia dar um benzidinha no local...

sábado, 6 de abril de 2013

CARRO E MOTO SE ENVOLVEM EM ACIDENTE NA PRAÇA SÃO FRANCISCO

Um motociclista ficou levemente ferido no abalroamento entre uma Yamaha XT 660 R com um VW Gol, na esquina do ponto de táxi da praça São Francisco. C.A.A. (32 anos) sofreu algumas escoriações na mão e na perna direita, mas só foi ao Pronto Atendimento após muita insistência dos amigos que acompanharam o desenrolar da ocorrência. Após ser medicado, ele foi liberado.
Segundo o motociclista, ele seguia por uma das vias da praça, sentido à avenida Dr. Lélio, quando foi "fechado" pelo Gol, que ia  na mesma direção e resolveu contornar à esquerda, rumo à rua Professor Olegário Maciel. C. garante que não havia qualquer indicação de que o carro iria fazer a manobra, como o acionamento da seta, por exemplo, e que o som do veículo estava muito alto, o que poderia ter tirado a atenção do condutor.
Já o motorista do VW, M.M. (22 anos), contesta a versão. Ele disse que havia, sim, ligado a seta, afirmando ainda que a moto estava em alta velocidade e teria tentado ultrapassá-lo em local proibido, causando assim o sinistro.
A Yamaha sofreu danos consideráveis no lado esquerdo, e o carro no lado direito. A Policia Militar esteve no local e deu aos envolvidos a oportunidade de se chegar a um acordo, mas o motociclista não aceitou a proposta e quer que o motorista faça o ressarcimento de seu prejuízo. Teve início então uma breve discussão, com acusações mútuas quando à responsabilidade do acidente. Por conta disso, um boletim de ocorrência foi confeccionado e será encaminhado à Delegacia de Poço Fundo.

Marca do pneu da moto ficou evidente na esquina onde ocorreu o sinistro


Carro sofreu danos na porta, do lado do motorista

Moto teve amassamento de várias peças do lado esquerdo