Mostrando postagens com marcador canivetadas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador canivetadas. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 27 de maio de 2014

VIOLÊNCIA VOLTA A ASSOLAR MACHADO


Áreas consideradas de alto índice de violência foram os locais de pelo menos duas ocorrências graves, no início desta semana. Um homem foi alvo de disparos de arma de fogo e outro teve que se defender de um grupo de adolescentes, ferindo três deles com golpes de canivete.
O primeiro crime ocorreu na madrugada de domingo (25), na Rua Oliveira, no bairro Ponte Preta. Um desempregado de 45 anos foi alvejado por vários tiros, efetuados por um desconhecido. Dois projéteis o atingiram. O autor dos disparos fugiu e não foi encontrado. A vítima foi levada para o Pronto Atendimento, onde ficou em observação, mas não corre risco de morrer.
No inicio da noite de segunda-feira (26), um trabalhador autônomo de 26 anos passou por momentos de muito sufoco. Primeiro, ele teve que se defender de um grupo de pelo menos 15 jovens, liderados por um adolescente de 17 anos, que o cercou e passou a agredí-lo com socos, chutes e pedradas nas proximidades de um escadão do bairro Novo Horizonte. O motivo seria uma discussão anterior, de cerca de cinco meses atrás. Depois, o mesmo homem ainda teve que ser protegido pela Policia de amigos e parentes dos agressores, que queriam linchá-lo.
Na primeira confusão, o rapaz fez uso de um canivete para se desvencilhar dos menores e conseguiu atingir três deles. Em seguida, fugiu para a casa de um advogado. O carro dele foi totalmente danificado pelo bando.
Três dos adolescentes foram parar no hospital por conta dos cortes sofridos, e a princípio não queriam dizer à Policia o que havia ocorrido. Os fatos foram esclarecidos depois que uma guarnição localizou o autor das canivetadas. Ele sofreu contusões e escoriações e também foi socorrido. Dois menores ficaram internados, mas não correm risco de morrer. O terceiro, que teria começado toda a confusão, foi liberado e ouviu voz de apreensão em flagrante. O autônomo também foi preso. Ambos foram levados para a Delegacia Regional de Alfenas, para as demais providências.
O ataque do grupo que apoiava os menores infratores se deu durante a escolta dos detidos. Pelo menos cinquenta pessoas queriam linchar o autor/vitima que acabara de escapar das agressões. Os PM´s foram obrigados a agir, usando bastão de madeira para dispersar os exaltados. Depois, nas redes sociais, alguns defensores dos adolescentes brigões ainda publicaram fotos dos que ficaram internados e criticaram a ação da Policia. Todos acabarão tendo que se explicar na Delegacia de Machado quanto às suas atitudes.
Detalhes na próxima edição da Gazeta Machadense.