Mostrando postagens com marcador Delegacia Virtual. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Delegacia Virtual. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

AMPLIADO O ATENDIMENTO AOS CIDADÃOS ATRAVÉS DA DELEGACIA VIRTUAL


Usuário agora pode também registrar desaparecimento de pessoas através da rede



A Delegacia Virtual do Estado de Minas Gerais agora já tem uma lista mais completa dos boletins de ocorrência que o cidadão pode fazer on line. Antes, apenas acidentes de trânsito sem vítima e a perda de objetos e documentos eram passíveis de registro, mas agora também está liberado o acesso para informar ocorrência de desaparecimentos.
Para o cidadão fazer o seu registro, basta entrar no site (https://delegaciavirtual.sids.mg.gov.br/) e a partir do link para solicitação de novo B.O., escolher qual área está procurando:

* Acidente de trânsito sem vítima
Utilize esta opção para solicitar registro de ocorrência que corresponda a acidente de trânsito simples, sem vítimas e não relacionado a ilícito penal.

* Perda de documentos e objetos
Utilize esta opção para solicitar registro de ocorrência que corresponda a perda de objetos ou documentos de valores inferiores a 10(dez) salários mínimos, que não seja bem público, que tenha ocorrido no estado de Minas Gerais e não seja relacionado a nenhum fato criminoso (furto, roubo, ameaça ou violência).

* Desaparecimento de pessoa
Utilize esta opção para solicitar registro de ocorrência de pessoa desaparecida em local incerto e não sabido.

Para mais informações, CLIQUE AQUI e visite o site

segunda-feira, 30 de junho de 2014

DELEGACIA VIRTUAL ABRE ESPAÇO PARA REGISTRO DE PERDA DE DOCUMENTOS E OBJETOS

Se você perdeu seus documentos ou algum objeto (como o celular, por exemplo), já não precisa mais ir a uma delegacia para fazer um boletim. Desde as 7h00 desta segunda-feira (30), já é possível registrar ocorrências de perda e extravio de documentos e de objetos pessoais sem precisar sair de casa.
As informações são repassadas a partir do preenchimento de formulários. Após o envio dos dados ao sistema, a ocorrência passa por uma triagem e, em até quinze minutos, é emitida uma mensagem informando o número do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), além da explicação de como acessá-lo no site do Sistema Integrado de Defesa Social (Sids) para impressão.
Para o serviço, a Policia Civil vai  trabalhar como uma equipe de 16 profissionais, entre policiais e analistas, na sede da Superintendência de Informações e Inteligência Policial (SIIP). Os agentes trabalham em escala de plantão atuando 24 horas na triagem dos registros recebidos e também tirando dúvidas dos cidadãos pelo telefone, que é divulgado na tela.
Esta é uma ampliação de serviço da Delegacia Virtual da Polícia Civil de Minas Gerais, iniciado no dia 30 de abril com o registro de acidentes de trânsito sem vítimas. Até o fim do ano, será permitido outros dois serviços pelo sistema on-line: o registro de desaparecimento de pessoas (e também de localizadas) e registro de danos simples.

COMO FUNCIONA?

As ocorrências podem ser registradas por maiores de 18 anos, que deverão informar os documentos pessoais. Estrangeiros também têm o serviço à disposição fornecendo o número do passaporte ou do Registro Nacional de Estrangeiros (RNE).
Perdas de CPF, identidade, título de eleitor, carteira de trabalho, cartões de créditos e cheques e objetos pessoais, como celular, relógio, equipamento eletrônico, animal, equipamento de trabalho e equipamento de comunicação podem ser registradas.

Clique aqui conhecer a página da Delegacia Virtual

sexta-feira, 2 de maio de 2014

OCORRÊNCIAS DE ACIDENTES SEM VÍTIMAS JÁ PODEM SER REGISTRADAS PELA INTERNET

Desde a última quarta-feira (30), Minas Gerais conta com a primeira Delegacia Virtual do Estado. A ideia é otimizar o tempo das pessoas e também desafogar as ocorrências nas delegacias físicas e postos da Polícia Militar (PM).
Nesta primeira fase, apenas um tipo de ocorrência poderá ser feita pela internet: as de acidentes de trânsito sem vítimas. Basta acessar o site delegaciavirtual.sids.mg.gov.br e fazer o registro. Para isso, o usuário deve ter mais de 18 anos e, caso seja estrangeiro, deve estar mundo dos documentos de identificação.
Só poderão ser registrados acidentes com até quatro veículos envolvidos, além do veículo do motorista que está fazendo o registro. Também estão excluídos dessa primeira fase acidentes que tenham cunho criminal, por exemplo, quando um dos motoristas está com indícios de que usou bebida alcoólica ou fugiu da cena do crime. Também é necessário que haja duas testemunhas por cada solicitação.
Segundo o Governo de Minas, o projeto deverá diminuir o número de registros presenciais feitos nas delegacias e também os confeccionados pela Policia Militar, reduzindo o tempo de espera para registro das demais ocorrências nas unidades policiais. Os usuários do serviço poderão fazer a ocorrência no local do acidente, usando o celular ou tablet, ou do computador de casa.
De acordo com informações da Superintendência Adjunta da Policia Civil, enquanto na delegacia a elaboração de uma ocorrência pode durar de duas a quatro horas, pela internet, o solicitante irá gastar em média 15 minutos para concretizá-la. Além disso, acredita-se que o projeto vá gerar economia de insumos e energia, liberar mais policiais militares para o policiamento ostensivo e os policiais civis para a produção de inquéritos. Atualmente, essas ocorrências demandam 27% do atendimento da Polícia Civil.