Mostrando postagens com marcador Ponte Azul. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ponte Azul. Mostrar todas as postagens

sábado, 11 de outubro de 2014

JOVEM SOFRE FRATURA GRAVE AO CAIR DE MOTO SOBRE A PONTE AZUL

Um rapaz de 26 anos ficou gravemente ferido após cair com sua motocicleta exatamente sobre a Ponte Azul, que passa sobre o Rio Machadinho e dá nome à estrada que leva ao bairro Piedade. O acidente aconteceu na noite deste sábado (11). Uma ambulância foi acionada para efetuar o socorro.  Segundo informações do Hospital de Gimirim e da Policia Militar, ele fraturou a perna direita em dois lugares, e agora aguarda remoção para um hospital de referência, a fim de fazer o devido tratamento. No entanto, a vitima não corre risco de morrer, está consciente e conversando normalmente com médico, enfermeiros e policiais.
O jovem disse que seguia para a casa da namorada quando ao chegar na ponte encontrou um carro, que lhe deu passagem, mas quando foi fazer a travessia passou o pneu numa pedra e perdeu o controle, caindo sobre o piso.
Nossa reportagem foi ao local, mas não encontrou a motocicleta, já que amigos do proprietário a haviam retirado e guardado. Como todos os documentos estavam em dia e o condutor não apresentava nenhum sinal de embriaguez, não há motivos para apreensão do veículo.
Detalhes em nossa próxima edição do JPF.


quarta-feira, 10 de julho de 2013

INICIADA REFORMA GERAL DA PONTE AZUL


A Prefeitura iniciou, nesta semana, uma reforma geral da Ponte Azul. Fomos informados da novidade nesta quarta-feira (10) e resolvemos conferir de perto. A passagem deverá sofrer uma reformulação completa nos próximos dias, com ampliação do comprimento e maior garantia de segurança.
Segundo informações obtidas na Secretaria de Obras, por enquanto os trabalhos estão em fase de abertura da vala onde será construída uma nova base, feita com concreto armado com estacas do mesmo material. Haverá uma elevação da ponte, e a estrutura antiga será reforçada com novas vigas. Algumas pedras deverão ser o único empecilho para este inicio de obras, mas ferramentas já estão sendo providenciadas para retirá-las do caminho.
A pista está interditada naquele setor para todos os tipos de veículos, embora alguns motociclistas ainda teimem em se arriscar por uma pequena passagem, feita no local apenas para a realização dos trabalhos.
Não há ainda uma previsão para o término da obra, que está sendo realizada com recursos do próprio município, mas acredita-se que a nova ligação deverá ser entregue entre dez e quinze dias.


terça-feira, 18 de junho de 2013

PONTE DO MEDO

Numa rápida passagem pelo novo loteamento e pela estrada que leva ao bairro da Piedade, nossa reportagem flagrou cenas que comprovam a precariedade do estado em que se encontra a conhecida Ponte Azul, uma pequena passagem sobre o poluído Rio Machadinho que, se vier a quebrar, pode causar uma grande tragédia. O medo já tomou conta de alguns motoristas, como o de um ônibus escolar, que prefere fazer com que os alunos transportados façam a travessia a pé do que se arriscar com todos dentro do veículo. O mesmo cuidado não é (e muitas vezes nem tem como ser) tomado por caminhoneiros e outros motoristas que transportam cargas pela via.
Detalhes em nossa próxima edição do JPF.








segunda-feira, 27 de maio de 2013

PERIGO NA PONTE AZUL

Que há um bocado de pontes exigindo uma atenção mais que especial da Prefeitura de Poço Fundo, ninguém consegue negar. Uma delas é a chamada "Ponte Azul" (que de azul não tem nada, mas problemas...). A ligação está de fato oferecendo sérios riscos para quem trafega pela estrada que leva ao bairro Piedade.
Ali, além dos sinais de deterioração, por conta da ação do tempo e do alto fluxo de veículos, também há perigo de furos ou cortes de pneus, provocado por chapas metálicas que recobrem o madeiramento.  As placas estão se soltando e formando pontas que podem se tornar verdadeiras facas.
Na manhã desta segunda-feira (27), nossa equipe seguia para cobrir um acidente na "Ponte do Dando" quando percebeu o problema numa das laterais. Um motorista tratou de amassar o metal, para evitar o pior, mas a constante passagem de carros, motos e caminhões no local faz com que o problema retorne aos poucos.
Para completar, o visual não está dos melhores, com lixo e pedaços de madeira jogados (ou caídos) no rio Machadinho. Um péssimo cartão de visitas para ser mostrado a visitantes que passam pela área.
Já repassamos o problema ao Secretário de Obras de Poço Fundo, que prometeu tomar providências.